Medicina complementar é um importante aliado no tratamento contra o câncer

Olha que legal essa notícia:

Acupuntura ameniza insônia em pacientes pós-tratamento contra o câncer

Estudo foi apresentado durante o encontro anual da ASCO (American Society of Clinical Oncology), maior congresso do mundo sobre oncologia, que aconteceu no início de junho em Chicago. Especialistas destacaram ainda a importância da medicina complementar.

O título da palestra chamava atenção: “Estamos prontos para incluir terapias integrativas”? O autor, Gabriel Lopez, do MD Anderson Cancer Center, no Texas, deu razões para médicos se abrirem à medicina complementar para pacientes em tratamento contra o câncer. “Intervenções como práticas corporais, terapias e produtos naturais ajudam nos efeitos colaterais associados ao tratamento de câncer”, disse ele.

Lopez apresentou alguns exemplos sobre esses efeitos e, entre eles, um estudo sobre os efeitos da acupuntura na insônia de pacientes pós-tratamento. A pesquisa foi realizada por Jun J. Mao, do Memorial Sloan Kettering Cancer Center e, segundo ele, a insônia é um distúrbio comum, experimentado por até 60% dos sobreviventes de câncer. Mao e sua equipe fizeram um ensaio clínico randomizado com 160 pacientes, com idade média de 61 anos – 57% eram mulheres usando a acupuntura e terapia cognitiva – tratamento já consagrado contra insônia. “A acupuntura envolvia estimular pontos corporais com agulhas. A terapia incluiu restrição do sono, controle do estímulo, reestruturação cognitiva, treinamento de relaxamento e educação”, explicou Mao.

acupuntura

Nunca fiz acupuntura, mas tenho impressão que relaxa mesmo!

A intervenção durou 8 semanas, mas os pacientes foram avaliados durante as 20 semanas seguidas. Ao final do tratamento, a acupuntura reduziu a insônia grave em 8,3 pontos, em comparação com 10,9 pontos da terapia. Pacientes com insônia leve foram significativamente mais propensos a responder à terapia do que a acupuntura (85% vs. 18%,). No entanto, pacientes com insônia moderada a grave tiveram taxas de resposta semelhantes à terapia e à acupuntura (75% vs. 66%). Ambos os grupos também tiveram melhora semelhante na qualidade de vida em saúde física e saúde mental durante o estudo.

Fonte: Circular Comunicação

Eu nunca fiz acupuntura, mas sou fã da medicina chinesa. Acho que os orientais têm um jeito muito interessante de entender e tratar as doenças, vendo o corpo como um todo, um sistema integrado, englobando as funções fisiológicas, emoções e fatores externos, como as estações climáticas. Acredito que tudo isso reflete na nossa saúde e considerar  essas questões além dos tradicionais exames e remédios que estamos acostumados só tem a agregar. Que bom que os médicos estão percebendo isso, todos saem ganhando. Viva!!! 😀

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s